JBS interrompe compra e abate em suas sete unidades de carne bovina de Mato Grosso do Sul

A JBS paralisou as atividades em suas sete unidades de carne bovina no Estado de Mato Grosso do Sul. Em nota, a empresa afirmou que “em função da insegurança jurídica instalada” no Estado, suas unidades estão com as atividades de compra e abate paralisadas por tempo indeterminado. Em Mato Grosso do Sul a empresa teve valores bloqueados judicialmente a pedido da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Irregularidades Fiscais de Tributárias, conduzida por deputados da Assembleia Legislativa. Estes bloqueios somam cerca de R$ 620 milhões atualmente.

Na nota, a empresa afirmou que os colaboradores continuarão recebendo seus salários normalmente até que a companhia tenha uma definição sobre o tema. “A JBS esclarece que está empenhando seus melhores esforços para a manutenção da normalidade das suas operações e trabalha para proteger seus 15 mil colaboradores diretos e 60 mil indiretos em Mato Grosso do Sul.”

Nesta tarde, trabalhadores da JBS estiveram na sessão plenária da Assembleia Legislativa e pediram apoio aos deputados estaduais para garantir a manutenção dos empregos, segundo informações da Agência ALMS. Os deputados estaduais decidiram intermediar acordo entre a empresa e o governo do Estado.

Fonte: Camila Turtelli,  Estadão.com